NOTÍCIAS


Associados
 

2017-08-18

Greve do SEF ameaça 30 mil passageiros e 85 voos em Lisboa


A viagem de 30 mil passageiros fora do espaço Schengen – pertencentes ao acordo de livre circulação da União Europeia – e 85 voos estão em risco devido à greve dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), de acordo com o Jornal de Negócios desta sexta-feira.

 

A entidade de segurança agendou uma paralisação para os próximos dias 24 e 25 de agosto. Sobre esta greve e os possíveis acordos com o Governo, uma fonte do Ministério da Administração Interna explicou ao diário de economia que “contactos com o SEF há todos os dias, com o sindicato é que não”.

 

A informação a que o matutino teve acesso dá conta de que o Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai ser o mais penalizado do país caso a greve dos inspetores avance. Neste aeroporto existem 250 inspetores do SEF.

 

“Se assumirmos que 70% das boxes são usadas em simultâneo 24 horas por dia e descontando os períodos de descanso, dois dias por semana e férias, ainda teremos cerca de 70 agentes libertos para outras tarefas”, refere esse mesmo documento. 

 

Fonte:
Jornal Económico