NOTÍCIAS


Associados
 

2015-12-07

Comissão apresenta nova estratégia para o setor da aviação na Europa


A Comissão Europeia adotou hoje uma nova uma nova estratégia para o setor da aviação na Europa, uma iniciativa de grande importância para impulsionar a economia europeia e fortalecer a sua base industrial e para reforçar a posição de liderança da UE à escala mundial. Estas são três grandes prioridades do Presidente Jean-Claude Juncker a que a nova estratégia irá dar resposta, assegurando que o setor europeu da aviação permanece competitivo e recolhe os benefícios duma economia global em rápida mutação e desenvolvimento. Um setor aeronáutico forte e virado para o futuro beneficiará as empresas, mas também os cidadãos europeus, oferecendo-lhes mais ligações com o resto do mundo a preços mais baixos.

Um setor aeronáutico competitivo e eficiente é fundamental para o crescimento da Europa, declarou Maroš Šefcovic, vice-presidente da Comissão e responsável pela União da Energia. A nova estratégia cria um quadro que ajudará a aviação europeia a conservar a sua liderança mundial. Confirma também o compromisso pioneiro da Europa de promover uma aviação sustentável, tema de grande atualidade numa altura em que o mundo tem os olhos postos na COP21 a decorrer em Paris.

Face aos desafios que a aviação europeia enfrenta, a estratégia hoje adotada estabelece um plano de ação completo e ambicioso, destinado a manter o setor numa posição de topo, acrescentou Violeta Bulc, comissária europeia para os transportes. O plano contribuirá para que as companhias europeias preservem a sua competitividade, graças a novos investimentos e oportunidades de negócio, e possam crescer de modo sustentável. Os cidadãos europeus também ficarão a ganhar, com maiores possibilidades de escolha, preços mais baratos e níveis de segurança dos mais elevados.

O objetivo da Comissão é dar forma a uma estratégia global para todo o ecossistema aeronáutico da UE. As prioridades são:

1. Pôr a UE num lugar de topo na aviação internacional, assegurando simultaneamente condições equitativas de concorrência. O setor aeronáutico da UE deve poder explorar as oportunidades abertas pelos novos mercados em crescimento. Um passo nesse sentido será a celebração de novos acordos no setor da aviação com países e regiões importantes do mundo. Poder-se-á, assim, assegurar maior acesso ao mercado, mas também abrir novas oportunidades de negócio para as companhias europeias e garantir condições de mercado equitativas e transparentes, assentes num enquadramento regulamentar de contornos bem definidos. Esses acordos proporcionarão igualmente aos passageiros mais ligações e preços melhores. A conectividade global é um motor do comércio e do turismo e contribui diretamente para o crescimento económico e a criação de emprego. (...)

 

Ver Comunicado de Imprensa na íntegra aqui.

 


Fonte:
Comissão Europeia - Comunicado de Imprensa 07 de Dezembro